Central de Atendimento

ROBÔ PASSA E DOBRA SUAS ROUPAS

Manter uma casa sempre limpa e organizada não é tarefa fácil. Você precisa conhecer – ou pelo menos ter uma boa noção – sobre melhores práticas de limpeza/organização e planejar as atividades a fim de executá-las com o máximo de perfeição possível.

 

Os donos de casa e profissionais de limpeza – ressaltando que homens e mulheres fazem parte deste universo – que precisam lidar com o dia a dia de uma casa têm, naturalmente, preferências e opiniões particulares sobre as facilidades – e dificuldades! – envolvidas na limpeza de pisos e calçadas, portas e janelas, armários (com suas inúmeras gavetas e prateleiras), objetos de decoração, roupas de cama e vestuário, entre outros.

 

Algumas tarefas são – ou parecem ser –, portanto, mais fáceis e outras ocupam o topo da lista como as “mais detestadas”. Os níveis de dificuldade variam de pessoa para pessoa: algumas têm maior facilidade em limpezas mais pesadas como, por exemplo, lavar pisos e calçadas e deixar um banheiro “brilhando” e outras, por sua vez, acham que tirar o pó de pequenos objetos é uma tarefa de difícil execução e monótona, exigindo delicadeza e muita paciência.

 

Montanha de Roupas

 

Dentre as inúmeras tarefas executadas em uma casa, lavar e passar roupas merece destaque especial. Algumas pessoas acham a atividade “relaxante”, outras “trabalhosa”. A tarefa, executada peça a peça – e que para muitos parece não ter fim – divide opiniões e exige conhecimento e habilidades especiais.

 

É fato que diante de uma “montanha de roupas”, quem já não imaginou poder colocá-las dentro de uma máquina e, em um passe de mágica, recebê-las lavadas, passadas e devidamente dobradas? Pois bem! O sonho, um tanto impossível, aos poucos vem se tornando realidade.

 

Empresas de tecnologia têm trabalhado a favor de quem não gosta de passar roupas. A ideia é tornar a atividade menos trabalhosa e o mais automatizada possível, fazendo com que as pessoas usem melhor o seu tempo em outras atividades mais prazerosas.

 

Ainda não há uma máquina que resolva todos os problemas relacionados às roupas, mas inventores – profissionais ligados ao desenvolvimento de produtos e tecnologia, engenheiros mecânicos e especialistas em mecatrônica (mecânica, eletrônica e tecnologia da informação) – estão cada vez mais empenhados em encontrar uma solução para o velho, e cansativo, hábito de passá-las com ferro elétrico.

 

FOLDIMATE

 

A FoldiMate, projetada por uma startup americana, é uma máquina robô que passa e dobra as peças de roupa de forma automática, eliminando o trabalho manual. Você coloca as roupas recém-lavadas e secas penduradas em “clips” – espécie de grampos – e o serviço é executado em alguns segundos.

 

Dependendo da espessura, a máquina aceita de 15 a 20 itens por vez, entre camisas, calças e toalhas. Peças grandes como, por exemplo, roupas de cama, e itens muito pequenos (roupas íntimas e meias) não podem ser colocados na FoldiMate.

 

Segundo o fabricante, a FoldiMate é capaz de passar e dobrar roupas 2 (duas) vezes mais rápido se comparado à tarefa sendo realizada manualmente por uma pessoa e com ferro de passar. A tecnologia garante menos de 1% de chance de rasgar qualquer peça de roupa.

 

A máquina ajusta-se ao tamanho, espessura do tecido e comprimento da manga. Leva, em média, 5 segundos para pendurar, 10 segundos para passar e dobrar e, ainda, 20 a 30 segundos para retirar – a vapor – as rugas de cada peça de roupa. A FoldiMate possui, ainda, cápsulas adicionais para deixar as roupas mais perfumadas, macias e higienizadas.

 

Medindo 71cm (largura) x 81cm (altura) x 79cm (profundidade) e pesando 30 quilos, a FoldiMate ocupa o espaço de uma máquina de lavar comum e, portanto, pode facilmente ajustar-se à área de serviço ou lavação, sendo colocada sobre uma bancada, máquina de lavar ou, ainda, em uma mesinha com rodas disponibilizada pelo próprio fornecedor.

 

O fabricante da Foldimate começará a aceitar reservas em 2017 sendo que as primeiras unidades devem ser entregues somente em 2018. A máquina robô é uma alternativa para quem pode pagar de 700 a 850 dólares – entre 2 e 3 mil reais – pela praticidade de não ter mais que passar e dobrar roupas.

 

O valor um pouco “salgado” e o tempo de entrega – não imediato –, além da máquina não aceitar todos os tipos de roupas são aspectos negativos que podem influenciar na decisão de tê-la como uma aliada nas tarefas de casa. A Foldimate pode não ser perfeita, mas abre caminho para que surjam novas invenções ainda mais interessantes no mercado!