Central de Atendimento

10 incríveis curiosidades sobre as esponjas de cozinha

Confira 10 incríveis curiosidades sobre as esponjas de cozinha, conheça os perigos que estes artefatos podem trazer à saúde e aprenda a higienizá-las corretamente.

 

Fonte: Bob Vila.

 

É difícil imaginar a limpeza das louças em uma cozinha sem o auxílio de uma esponja. A famosa “amarelinha e verde” está, realmente, na maioria dos lares brasileiros e é utilizada diariamente para lavar pratos, talheres, copos, panelas, tábuas de cortar alimentos, e todo tipo de louças e utensílios sujos.

Interessante que a esponja, cuja especialidade é “cuidar da limpeza”, seja um item extremamente sujo e repleto de micro-organismos que podem fazer mal ao organismo humano. Muito provavelmente se pudéssemos enxergar todos os fungos e bactérias presentes em uma única esponja não teríamos coragem de usá-la e, muito menos, de mantê-la por meses em nossa pia!

A boa notícia é que ninguém precisa abrir mão da esponja da cozinha, bastando para isso tomar algumas medidas simples de higienização. A limpeza com água sanitária ou no micro-ondas são eficazes e nos afastam de doenças.

 

Confira 10 incríveis curiosidades sobre as esponjas de cozinha e surpreenda-se!

 

  1. Mais suja que o assento do vaso sanitário

A esponja da cozinha é considerada o item mais sujo da casa podendo conter até 200 vezes mais germes e bactérias que o assento do vaso sanitário.

 

  1. Milhões de bactérias

Estudos apontam que existem, nada mais nada menos, que 10 milhões de bactérias por centímetro quadrado em uma esponja de cozinha.

 

  1. Água em temperatura superior a 60oC

Especialistas da Global Hygiene Council, entidade responsável por discutir normas e procedimentos de limpeza em todo o mundo, afirmam que para eliminar os germes das esponjas de cozinha é preciso lavá-las regularmente com água em temperatura superior a 60oC.

 

  1. Contaminação geral

Além da esponja, panos de prato e tábuas usadas na manipulação de alimentos também possuem alto índice de contaminação. Na cozinha, esta contaminação pode vir dos alimentos, da carne crua, entre outros.

 

  1. Furinhos da esponja

A contaminação da esponja acontece da seguinte forma: ao remover os restos de comida de pratos, talheres e tábuas da cozinha, agentes patogênicos – organismos capazes de produzir doenças infecciosas aos seus hospedeiros – ocupam os furinhos da esponja. Ser colocada ao lado da pia, normalmente em um local úmido, faz com que novas bactérias se reproduzam rapidamente.

 

Fonte: Fact Slides.

 

  1. Salmonela e E.coli

Alimentos crus podem conter salmonela ou E.coli, bactérias que podem causar intoxicação alimentar, diarreia, infecção do trato urinário, pneumonia, entre outras doenças. Cozinhar bem os alimentos – carnes, vegetais, ovos, etc – pode evitar a contaminação por estas bactérias.

 

  1. Cor, textura e cheiro

A cor, textura e cheiro diferentes na esponja são fortes indícios de que há contaminação e que você precisa, portanto, trocá-la. Evite chegar a este ponto e use sua esponja por períodos curtos de uma semana ou, no máximo, duas.

 

  1. Reciclagem

As esponjas de cozinha, feitas de polímeros – um material plástico –, podem ser recicladas e, portanto, reaproveitadas para novos usos servindo de matéria-prima para a fabricação de lixeiras, baldes, pás de lixo, entre outros itens. Assista ao vídeo no YouTube sobre o Programa Nacional de Reciclagem de Esponjas Scotch-Brite e Terra Cycle e veja como o processo de reciclagem das esponjas é realizado.

 

  1. Higienização com água sanitária

Para higienizar a esponja corretamente, basta usar uma parte de água sanitária para nove partes de água limpa. Ao terminar de lavar a louça, mergulhar a esponja nesta solução por 30 segundos. Espremer e guardar em um local livre de umidade.

A água sanitária pode ser substituída por água oxigenada de 10 volumes ou peróxido de hidrogênio misturado na água em quantidades iguais.

 

Fonte: Visual Hunt – Yourbestdigs.

 

  1. Higienização no micro-ondas

Outra forma de higienizar a esponja: colocar água em uma tigela, mergulhar a esponja e levar ao micro-ondas. Assim que a água começar a ferver – após, mais ou menos, dois minutos –, retirar a esponja, deixar esfriar, espremer e guardar em um local seco.

 

 

Agora que você já sabe como higienizar a sua esponja de cozinha de maneira adequada, que tal dar uma olhada nas utilidades domésticas que o Koerich tem para a sua casa? Confira nossos preços e condições de pagamento exclusivos!

 

Fonte:

Terra – Esponja de cozinha é mais suja do que privada, diz estudo

Combate ao Câncer – Esponja de cozinha contém 200 vezes mais bactérias do que vaso sanitário

Wikipedia – Agente patogênico

Vix – Esponja de cozinha é o objeto mais sujo da sua casa. Veja como higienizá-la corretamente

eCycle – Descontamine sua esponja de cozinha

Jornal de Ponta – Empresa mostra como é feita a reciclagem de uma esponja de limpeza

 

Fonte Imagens:

Bob Vila – 5 reasons to quit washing dishes by hand

Fact Slides – New bacteria grows on a kitchen sponge every 20 minutes

Visual Hunt – Yourbestdigs