Central de Atendimento

Você sabe a diferença entre as diferentes dietas a base de plantas?

Cada vez mais há um crescimento entre pessoas que preferem uma alimentação com menos produtos de origem animal e mais consumo de vegetais. Seja por gosto, por respeito aos animais, por questões políticas, por saúde, ou outras situações, saiba a diferença entre os diferentes tipos de dietas e algumas dicas para começar a mudar hábitos.

Fresh Vegetables, Fruits and other foodstuffs. Huge collection

 

As diferentes filosofias de vida que tem a restrição de alimentação com base em produtos animais são:

Ovolactovegetariano: não consome nenhum tipo de carne (incluindo peixes e crustáceos, tá?), mas consome ovos e derivados, além de laticínios;

Lactovegetariano: além de não consumir nenhuma carne, como os ovolactovegetarianos, também não consomem ovo e nada que utilize esse ingrediente no preparo;

– Vegetariano estrito: não consome nenhum tipo de carne, ovo ou laticínios. A alimentação dos vegetarianos estritos não inclui nenhum produto de origem animal;

Vegano: não consome nenhum alimento de origem animal. Além disso, não utiliza outros produtos de origem animal ou que sejam testados em bichos, seja no vestuário, cosméticos ou entretenimento.

Legenda: Animais – Amigos, não comida!

 

Para mudar um hábito alimentar é necessário ter alguns cuidados para não ter problemas com a saúde. A utilização da carne como produto para a alimentação humana está ligada a questões culturais, mas não somente a isso. É como se seu corpo estivesse acostumado à ideia de ingestão de carne, então é necessário começar a reduzir a utilização da carne na alimentação aos poucos.

 

Por exemplo, se você está acostumado a comer carne todos os dias, comece diminuindo a ingestão do alimento pelo menos em um dia da semana. Naquele dia, você já perceberá que seu corpo responderá de uma forma diferente às suas atividades cotidianas. E esta situação, normalmente dá uma motivação para começar a parar de comer carne.

Outra dica é parar por tipos de carne. Você pode começar largando a carne vermelha (bovina), e após estar mais adaptado a esta situação, pare outro tipo de carne, como a de frango, ou de porco. Em pouco tempo, você já perceberá que seu corpo reagirá diferentemente ao acordar, ou ao fazer alguma atividade cotidiana.

Nenhum organismo é igual ao outro, desta forma, seu corpo pode demorar a responder as mudanças. Algumas pessoas não se sentem bem ao parar de comer carne, neste caso, é importante procurar um médico e um nutricionista para orientar a sua alimentação. Outras pessoas, porém habituam-se rapidamente às mudanças.

De qualquer forma, é importante sentir as necessidades de seu corpo e não “forçar a barra”, para não ocasionar danos à sua saúde. Ser vegetariano ou vegano é um processo, muitas vezes longo. O importante é começar a mudar seus hábitos de forma progressiva.

 

 

Fontes das imagens:
The Odyssey Online – The Ultimate Survival Guide for College Vegans
Red Bubble – Vegan Friends not Food Tumblr
Health Net Pulse – Foods that fight cancer
Fontes do texto:
The Body Shop – Vegetarianismo estrito e Veganismo